Relatório de Progresso da Facção Cheliax – Ano do Demônio

Paracountess Zarta DralneenArodus de 4713

Meu mais próximo confidente,

Ao que tudo indica, finalmente os cães que ladram de Cheliax desistiram da perseguição, graças em grande parte aos seus esforços. Não importa o quão seguro pareça, meu querido, lembre-se que um cão do inferno raramente esquece o cheiro de sua presa, e pode levar algum tempo antes que sejamos novamente saudados na Cheliax ao invés de vaiados. Nesse meio tempo, devo operar a partir de Korvosa, mas você deve desculpar-me por não convidá-lo para a nossa base de operações em rápido crescimento. Lamento informa-lhe que as nossas reuniões, um tanto acolhedoras no passado, serão mais raras de agora em diante, pois tenho tarefas criticas em terras distantes que eu preciso que você tome a frente.

Se você ainda não ouviu, o atoleiro abissal chamado Ferimento do Mundo está borbulhando, e os demônios lá dentro com certeza transbordarão sobre a vizinha Mendev nos próximos dias. Gostaria de enviar-lhe lá, mas não pela razão que parece tão óbvio. Ao que tudo indica você deve servir o bem maior, os cruzados, e qualquer outra bobagem melosa que alimentam aos ouvidos dos soldados deles. Só ficará lá tempo suficiente para estudar os pontos fracos críticos de Mendev e dos demônios, pois esta inteligência é fundamental para os nossos planos de longo prazo.

Sem dúvida, você deve estar dando a esta missiva o olhar questionador que adoravelmente eu tanto amo. Pense, meu bichinho de estimação. Se outra cruzada está para acontecer, ela vai atrair todos os benfeitores em Avistan e distrair os olhos de cada nação importante. Isso nos dará a oportunidade de executar nossos próprios planos, sem nenhum tolo de armadura brilhante se metendo onde não foi chamado, arruinando nossos planos, e berrando em voz alta algum juramento para Cayden Cailean. Uma vez que sabemos as fraquezas de cada lado, eu posso mexer os pauzinhos para garantir que o conflito dure tempo suficiente para que possamos realizar o que precisamos. Pode confiar que eu quero que os cruzados sejam vitoriosos no final; conquista abissal não consta em nenhum dos nossos interesses.

Ah, mas quais são os nossos interesses? Estou pesquisando várias fontes inexploradas de poder, forças bastante negras, que nos darão uma vantagem nos dias que virão. As tradições Cheliaxianas de barganha, selamento de acordo, e atrelamento não foram esquecidas, e se adquirir-mos poder suficiente arcano e planar, Cheliax certamente vai nos receber novamente de braços abertos. Se você encontrar outras fontes de magia que possam dar trabalho a seus aliados, eu deixarei à sua discrição a decisão se devemos adicioná-lo ao nosso arsenal ou despreza-lo como algo muito perigoso.

Nesse meio tempo, aprenda o que puder sobre as tolices e as falhas nas fortificações dos cruzados. Nossos planos podem não vir a se concretizar sem isso.

Saudades de sua companhia,

Paracondessa Zarta Dralneen

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s